Walter Mair

walter-mair

Onde foi tirada esta fotografia?

Foi tirada no palco do Schauspielhaus Köln (teatro), em Colônia, na Alemanha.

Quando foi tirada esta fotografia?

Em Fevereiro de 2013.

Quais eram as condições no local?

Temperatura ambiente, contrastes entre claro-escuro marcados pelas lâmpadas fluorescentes, testes de som como som de fundo, sem cheiro, muitas pessoas a moverem-se em redor.

Como surgiu esta oportunidade?

Foi um trabalho para o teatro a pedido da directora Anna Viebrock.

Já tinha estado no local anteriormente?

Sim, eu já tinha assistido a uma série de ensaios para este peça de forma a registar as imagens que estiveram presentes no  programa e também foram as imagens enviadas para a imprensa.

Porque escolheu esta imagem em particular?

O tema da peça e do projecto de cenografia contempla de forma intensa a obra do artista alemão Gregor Schneider e particularmente o trabalho “Haus ur”. O cenário é em parte uma reconstrução e adaptação de alguns dos interiores criados por Gregor Schneider. Há também uma fotografia muito iconográfica feita pelo artista com uma escultura de um corpo morto deitado no chão. A intenção era reencenar esse enquadramento. A “minha” imagem posiciona-se agora no final de uma longa linha de outra imagens e ideias: o pensamento inicial de Gregor Schneider, o espaço real ou transformado, o cenário fotografado e publicado por Schneider visto por Anna Viebrock e novamente transformado e reproduzida como cenário para o Schauspielhaus Köln, com uma actriz que representa uma pessoa morta. Pareceu-me que Sachiko suplantou-se ao, não apenas representar uma pessoa morta mas, transformar-se nesta escultura sem vida feita apenas de sapatos, algum tecido, meias, esponjas e poeira.


A imagem e entrevista seleccionadas fazem parte do projecto editorial “1 Photo(grapher)”.